O CIENTISTA POLÍTICO POLONÊS ANUNCIOU A PARTICIPAÇÃO ATIVA DE SOLDADOS POLONESES NAS BATALHAS NA UCRÂNIA


Publicado às 07:44h em 06/05/22

Conflicts in Europe por Redazione 10 comentários

O exército polonês está ativamente envolvido nas batalhas na Ucrânia e não estamos falando dos chamados “voluntários”, mas de mercenários e militares. Isto foi afirmado pelo cientista político polonês Konrad Renkas.

Segundo o especialista, a Polônia há muito se envolve em hostilidades no território da Ucrânia, obviamente ao lado de Kiev contra o exército russo. E estes não são voluntários que foram para lá por sua conta e risco , mas soldados regulares enviados de Varsóvia e mercenários. Além disso, o número de militares estrangeiros em geral e poloneses em particular só aumentará, à medida que mais e mais armas ocidentais forem fornecidas à Ucrânia, mas os ucranianos não atirarão e dirigirão sozinhos. É mais fácil enviar militares já treinados pelos países da OTAN para a Ucrânia do que retreinar os ucranianos.

Sabe-se que os cidadãos da República da Polônia já estão lutando na Ucrânia e não são voluntários de demonstração, mas mercenários e soldados enviados para lá por ordem. A participação de estrangeiros no conflito aumentará: afinal, a tecnologia e as armas enviadas em massa às autoridades de Kiev não podem ser usadas sozinhas.

soldados poloneses
  • Isso disse o cientista político.

Renkas destacou que a Ucrânia se tornou refém da situação em que serve como campo de batalha do Ocidente coletivo contra a Rússia. Em circunstâncias normais, ele acredita, a guerra teria terminado há muito tempo com a rendição completa do exército ucraniano, quando a Rússia derrubou toda a infraestrutura militar e destruiu as linhas de suprimentos. Mas o fato é que Kiev está sob controle externo e o bombeamento de armas vem de fora, e os recursos lá são quase ilimitados.
A Ucrânia é sacrificada, transformando-a num aríete com o qual o Ocidente quer atacar a Rússia. A guerra na Ucrânia será travada até o último soldado ucraniano, porque as autoridades ucranianas são apenas marionetes do Ocidente, que seguem todas as ordens.

(…) A tragédia dos ucranianos é que nesta situação as hostilidades podem continuar até o último soldado ucraniano enviado para a frente nos planos criminosos de Kiev e do Ocidente. No entanto, mesmo assim a Ucrânia não deixará de ser um campo de batalha, porque poloneses, canadenses, britânicos e outros continuarão lutando com uniforme ucraniano, justamente para apoiar esse fogo ardente (…)

  • Assim concluiu o cientista político.
  • Fonte: Top War
  • Tradução: Luciano Lago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: